Eventos Corporativos na Bolsa de Valores

Uma maneira de abordar esse tema de forma a exemplificar os direitos do investidor quando detém parte das ações de uma ou mais empresa é pelos eventos corporativos disponíveis.

O que são eventos corporativos?

  Os eventos são considerados benefícios que o investidor passa a receber quando assim adquire ações de uma empresa e esses benefícios geralmente são recebimentos de proventos em dinheiro, dividendos ou novas ações.

Existem vários eventos que devemos ficar atentos para o recebimento como por exemplo: dividendos, juros sobre capital próprio, bonificação, subscrição, desdobramentos, grupamento.

Esses eventos são classificados em proventos de ações e proventos em dinheiro. Por exemplo: Os proventos em dinheiro classificam o evento de dividendos e juros, pois são pagos na forma de crédito ao investidor que detém as ações em custódia na data de pagamento.

Desdobramentos, grupamento e bonificação são considerados proventos de ações, pois são realizadas modificações nos lotes de quem possui as ações pela multiplicação e formação de novas ações com reajuste no preço investido.

O acompanhamento dessas informações pode ser realizado diretamente no site da corretora Rico em  http://www.rico.com.vc/mercado/subscricoes

As informações referentes a cada empresa encontra-se disponível em vários campos da tabela que o investidor pode estar analisando. Vamos analisar os principais campos essenciais :

  1. Código: Nome da empresa que deseja consultar o benefício cedido;
  2. Evento: Tipo de benefício disponível e anunciado pela empresa;
  3. Percentual/Valor: Esse campo mostra o percentual de pagamento no caso dos proventos de ações como: subscrição, bonificação e dividendos e valores monetários no caso de proventos em dinheiro por ação em custódia;
  4. Data de pagamento: A data que foi e a que está anunciada para a realização dos aportes de benefícios aos acionistas.

Os eventos corporativos geralmente ajustam os preços das ações como também o nº de ações atuais e sempre ocorrem no pregão posterior a data informada conhecido como “ações em ex-evento”. Vale lembrar que sua posição financeira fica inalterada após a ocorrência de um evento e que aquisição em dia posterior não será considerado o benefício pelos ajustes decorrentes em data ex evento.

Comentários